top of page

Salesiano Jaboatão realiza doação de livros para bibliotecas comunitárias

Atualizado: 21 de nov. de 2023




Durante o recesso de julho, a equipe do Colégio Salesiano Nossa Senhora Auxiliadora, em Jaboatão, realizou mutirão de limpeza, separação, organização e doação de livros de literatura salesiana, infantil e infanto-juvenil, para o programa de extensão da Universidade Federal de Pernambuco – Bibliotecas Comunitárias na UFPE.


A escola recebeu a visita da formadora pedagógica Maria Helena Dubeux do Centro de Estudos em Educação e Linguagem – CEEL da UFPE e da colaboradora do Movimento dos Trabalhadores Sem Teto – MTST, Fátima Dutra, que se dirigiram até a escola e junto à equipe de serviços gerais e gestão pedagógica realizaram a separação de todo o acervo da biblioteca do que iria ficar e do que iria para doação.


O Movimento dos Trabalhadores Sem Teto, que há dois anos tem ocupação territorial no bairro da Torre em Recife, está implementando uma biblioteca comunitária dentro de sua cozinha solidária. A biblioteca visa atender ao público local da periferia, bem como as “formiguinhas” (crianças), jovens, adultos e idosos. O objetivo deste espaço é formar leitores e trabalhar o eixo garantidor da leitura e da literatura, conforme explicação da colaboradora Fátima:

“É um movimento muito importante para o fortalecimento das bibliotecas comunitárias, principalmente no momento em que está sendo organizada a implementação da Biblioteca Comunitária do MTST – na cozinha solidária do Bairro da Torre”, relatou Fátima Dutra.


A formadora Maria Helena Dubeux, destacou que a doação dos livros vai contribuir para a bolsa de livros que serão doadas às crianças durante a Feira de Leitura do CEEL e para o acervo das bibliotecas comunitárias de toda Região Metropolitana do Recife.“É um prazer enorme estar recebendo essa doação desta biblioteca para nossa feira de leitura, pois nós vamos distribuir sacolinhas de livrinhos para crianças das comunidades carentes e das bibliotecas comunitárias, com isso, essa ação está colaborando para difundir a literatura”, disse Maria Helena.


Ainda como pauta do projeto “Biblioteca do Salé – lugar em que a gente estuda, aprende e ensina”, novas ações serão realizadas como pintura do espaço e organização sequencial do acervo para tornar o ambiente ainda mais atrativo aos estudantes, funcionários e professores.


“Foi um momento muito rico e engrandecedor ao liberar as estantes da biblioteca para que alguns dos livros fossem doados, para um projeto tão importante quanto esse desempenhado pela Universidade”, disse Lyvia Gabrielle, gestora pedagógica da unidade.


39 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page